Total de visualizações de página

terça-feira, 26 de janeiro de 2010


Muitas vezes julgar alguém é como olhar um cacto.
Não se percebe a água contida em seu interior,
nem a beleza de suas flores.
*D.Severgnini*

Nenhum comentário:

Postar um comentário