Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013


Um sorriso, um abraço apertado, uma música, estar com quem
eu gosto, rir até a barriga doer…
São coisas simples, mas me faz muito feliz.
*Caio F*          
Olhe para o lado: há sempre alguém querendo ser abraçado e não
tem coragem de dizer. Abrace-o.
Aproxime-se mais...
Tente sentir o carinho de dar e receber um abraço.
*Autor desconhecido*

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"É você que eu amo!"
Bendita seja a claridade das palavras também quando permitem que dúvidas sejam dissolvidas.
Que equívocos não sejam alimentados. Que distâncias não cresçam. Que a confiança prevaleça.
Que o afeto não se torne encabulado.

 Bendita seja a claridade das palavras também quando ficamos no escuro da incompreensão, tateando as paredes deste cômodo pouco ventilado à procura de um interruptor qualquer que acenda o nosso entendimento.

Bendita seja a claridade das palavras também quando aproximam, em vez de afastar. Quando nos possibilitam o conforto da verdade, mesmo que ela desconforte. Quando simplesmente queremos saber o que está acontecendo com as pessoas que amamos simplesmente porque amamos.

Bendita seja a claridade das palavras quando ditas com o coração. Ele sabe como acender a luz.

E, se o sentimento compartilhado realmente for bacana e precioso para as duas vidas, quem sabe pedir uma para a outra com honestidade: “não desiste de mim.”
*Ana Jacomo*

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013


"Nem todos podem tirar um curso superior. Mas todos podem ter respeito, alta escala de valores e as qualidades de espirito que são a verdadeira riqueza de qualquer pessoa."
*Alfred Montapert*
"Quem cultiva a razão, aumenta os seus bens e diminui os seus males."
*C. Neto*

sábado, 26 de janeiro de 2013


“Poucas coisas no mundo são mais poderosas que um impulso positivo:
um sorriso. Um mundo de otimismo e esperança, um 'você consegue' quando as coisas estão difíceis.”
*Richard De Vos*


“Eu gosto de tudo que tem cheiro de (re)começo...
Gosto do cheirinho de esperança, do cheirinho de coisas boas querendo acontecer. Gosto dessas coisas que me enchem o coração de fé, que fazem
os olhos brilharem e a gente acreditar que há sempre uma nova chance. Há sempre algo novo à nossa espera. Gosto do que me faz acreditar. De tudo que carrega consigo a possibilidade de novos sorrisos, de novas alegrias. Tudo que carrega a possibilidade de acontecer.”
*Monalisa Macêdo*

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013


O melhor lugar do mundo é aquele que nos coloca diante de  quem amamos.
*Autor desconhecido*


A suavidade do seu amor faz com que eu me sinta mais forte. 

sábado, 19 de janeiro de 2013


Ninguém cruza nosso caminho por acaso e nós não
entramos na vida de alguém sem nenhuma razão.
*C. Xavier*
O amor não começa e termina do modo que pensamos.
O amor é uma batalha, o amor é uma guerra;
o amor é crescimento contínuo.
*James Baldwin*
Pessoas que se amam...
                        Talvez sejam aquelas que não desistem de correr atrás
do sonho de que, apesar dos pesares, se escolheriam novamente.
Que seja presença e companhia, o relacionamento bom:
pois a solidão é um campo demasiado vasto para
ser atravessado a sós.
*Lya Luft*
"Onde estiver o teu coração, lá estará a tua verdade.
A tua verdade fará teu Ser vibrar...
E, onde tudo vibra, é lá que os sonhos acontecem...”
*C. Salcides*

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

               Hoje a vida levantou cedo para me acordar.
         *Autor desconhecido*
O mundo fica mais bonito quando
   a gente carrega coisas boas no peito.
    *C. Correa*

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Ah! Se eu pudesse olhar em seus olhos...
Certamente eu diria: você me perdoa?
Vem sempre que puder...
Que quiser, que precisar.
Vem que eu te escuto,
te protejo,
te cuido.
*CaioF.*

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

 
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Amor que promove.
*Cora Coralina*

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Delicadezas
A gente precisa disso
Delicadeza com nós mesmos
Delicadeza com o amor
que borda tantas maravilhas
com os seus fios perfumados de luz...
*A. Jacomo*
 Você é o meu sol...
"Trago no olhar visões extraordinárias,
de coisas que abracei de olhos fechados..."
*Autor desconhecido*

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Eu já ouvi ‘eu te amo’ de pessoas que hoje nem me dão ‘oi’.
Até onde posso vou deixando o melhor de mim...
Se alguém não viu, não me sentiu com o Coração!...
*Clarice Lispector*
Do meu jeito, vou colhendo flores da alma...
*Sirlei L. Passolongo*

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

A vida é maravilhosamente surpreendente

Tem Gente que lê a alma da gente,
E que ao chegar perto,
A gente não quer deixar se afastar,
Por que é gente que sabe amar
E nos traz Paz.
*S.L. Passolongo*
Tem sempre uma alma parecida com a minha,
buscando as mesmas verdades.
*K.Tabalipa*

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013


Bom dia!
"Feche os olhos... Ouça! Tem um anjo
soprando paz em seu coração."
*S. L.Passolongo*

domingo, 6 de janeiro de 2013

Confia em meu amor.
*Shakespeare*

Quem ama procura compreender e respeitar o silêncio do outro.

O amor precisa de duas coisas: tem que estar enraizado na liberdade
e tem que conhecer a arte da confiança.

Somente o amor dissipa o ódio, somente a luz dissipa a escuridão.
*Osho*
E não se esqueça de que a Terra gosta de sentir os seus pés descalços
e de que o vento anseia por brincar com seus cabelos.
*Khalil Gibran*
Confia... Sorria.
Encante-se... Ame!!!
O presente fica com quem?
Um mestre budista estava meditando com seus discípulos.
Chegou um homem, fazendo gestos para atrapalhar o mestre e seus discípulos.
O mestre não se distraiu.
O homem, então, passou também a falar alto.
O mestre não lhe deu atenção.
O homem passou a insultar o mestre.
O mestre permaneceu impassível.
O homem passou a insultar ao Buda e a todos.
O mestre permaneceu na calma.
Furioso, o homem chegou mais perto do mestre,
na tentativa de agredi-lo com gestos. Chegou até a ameaçá-lo de morte.
O mestre não reagiu.
Finalmente, cuspindo no chão e exausto, o homem foi embora, ainda esbravejando.
Durante todo o tempo, os discípulos assitiram a cena, assustados e temerosos.
Finalmente, quando o homem se afastara, exclamaram:
-- Mestre! Este homem interrompeu nossa meditação! Este homem insultou o senhor, insultou seus ancestres, insultou o Buda! Este homem o ameaçou, quase bateu no senhor, e cuspiu no chão a seu lado! E o senhor não fez nada!
O mestre sorriu e perguntou aos discípulos:
-- Quando alguém vem lhe trazer um presente, e você recusa receber o presente, com quem é que o presente fica?
*Conto zen.*
É indispensável que conquistemos este mundo,
não com as armas do ódio e da violência
e sim com as do amor e da compreensão.
*Érico Veríssimo*