Total de visualizações de página

sexta-feira, 7 de junho de 2013


Um dia, enquanto caminhava por uma rua de Londres, vi um homem sentado que parecia muito só.
Fui até junto dele, peguei-lhe na mão e apertei-a. Ele disse: "Há quanto tempo não sinto o calor de uma mão!" Compreendi que um gesto assim tão pequeno pode dar muita alegria.
*Madre Teresa de Calcutá*

Nenhum comentário:

Postar um comentário