Total de visualizações de página

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

"Em você encontrei... Não a explicação (duvidosa) da vida, mas a poesia (inexplicável) da vida." *Desc.autoria*


Certo homem plantou uma rosa e passou a regá-la constantemente, mas, antes que ela desabrochasse, a examinou. Ele viu o botão que em breve desabrocharia, mas notou espinhos sobre o talo e pensou: “Como pode uma bela flor vir de uma planta rodeada de espinhos tão afiados?”.

Entristecido por este pensamento, ele recusou-se a regar a rosa e, antes que estivesse pronta para desabrochar, ela morreu. Assim acontece com muitas pessoas... Dentro de cada alma há uma rosa: as qualidades dadas por Deus e plantadas em nós, crescendo em meio aos espinhos de nossas faltas. Muitos de nós olhamos para nós mesmos e vemos apenas os espinhos, os defeitos.

Nós nos desesperamos, achando que nada de bom pode vir de nosso interior. Nós nos recusamos a regar o bem dentro de nós e, consequentemente, ele morre. Não percebemos o nosso potencial. Algumas pessoas não vêem a rosa dentro delas mesmas; alguém mais deve mostrar-lhes isso.
*Autor desconhecido*

Nenhum comentário:

Postar um comentário